Programa de Monitoramento Remoto da Cirrose

O Instituto Brasileiro do Fígado (IBRAFIG) da Sociedade Brasileira de Hepatologia (SBH) está lançando um projeto de monitoramento remoto de pacientes com cirrose e carcinoma hepatocelular (CHC).

Na primeira etapa deste projeto vamos realizar um mapeamento do rastreamento, diagnóstico e tratamento do CHC no nosso país. A primeira parte o questionário tem como objetivo avaliar a realização do rastreamento  do CHC e os desafios enfrentados para o rastreamento e diagnóstico desse tumor no Brasil.

Na segunda parte realizaremos um mapeamento dos centros de tratamento de CHC públicos e privados no país. Isso vai nos permitir identificar os centros capacitados para tratamento deste tumor e também as dificuldades enfrentadas para acesso aos diversos tratamentos em cada região do país.

Também criaremos, a partir desses dados, uma rede de referenciamento para tratamento de pacientes com CHC que não tenham vinculação a serviço de saúde, pela central de monitoramento remoto, com os associados da SBH que desejem se cadastrar.

Os associados SBH receberão por e-mail o link para responderem e participarem do programa.

Conheça o projeto completo AQUI.

Acesse o questionário AQUI

Preparamos um FAQ com as dúvidas mais frequentes. Confira abaixo:

  1. Como funcionará o Programa de Monitoramento Remoto da Cirrose?

Através do 0800 do Tudo Sobre Fígado, pacientes com cirrose poderão se cadastrar, e receberão, além de material informativo, a orientação de realizar Ultrassom de abdome semestral, e serão periodicamente contactados para assegurar não apenas que o mesmo realizou o exame, mas que o mesmo foi mostrado ao médico que o acompanha.

  1. Como o programa irá melhorar a qualidade do rastreamento no Brasil?

Estamos fazendo um movimento junto ao Colégio Brasileiro de Radiologia (CBR), onde radiologistas estão sendo cadastrados, e receberam orientações sobre a realização de exame de rastreamento. Esses médicos estarão no nosso cadastro, e poderemos encaminhar os pacientes para realizar o exame com profissionais qualificados.

  1. Qualquer ultrassonografista pode se cadastrar?

No momento, apenas médicos ligados ao CBR poderão ser cadastrados

  1. Como faço para incluir um paciente meu no programa?

Quando o sistema estiver ativo, bastará pedir que ele ligue para o 0800 do tudo sobre o fígado e informar que tem cirrose.

  1. Quando iniciará o programa?

Assim que tivermos cadastrado os médicos (Hepatologistas< radiologistas e Clínicas de Radiologia)

  1. Como será a distribuição de Vouchers?

Apenas os pacientes acompanhados por médicos cadastrados no programa se beneficiarão dos vouchers. Estes serão distribuídos conforme disponibilidade, e nas regiões que tivermos clínicas cadastradas. O agendamento será realizado pela Central, com um dos médicos habilitados no programa.

  1. Posso perder meu paciente?

Não, a ideia é exatamente a oposta- garantir que o paciente retorne ao médico que o acompanha para manter seguimento

  1. Posso sugerir um radiologista da minha cidade?

Nesse momento apenas os radiologistas do CBR participarão do programa. Eles receberam um link para cadastro por e- mail. Caso o radiologista seja ligado ao CBR, basta responder o questionário enviado. Nós realizaremos o cadastro da Clínica onde ele trabalha.

  1. Só médicos da Sociedade Brasileira de Hepatologia poderão se cadastrar para que os pacientes recebam Vouchers de exames?

Sim. Nós iremos monitorar todos os pacientes com cirrose, mas o benefício do voucher será apenas para os pacientes de médicos da SBH cadastrados.

CHC

Você também pode gostar