Prêmio Inimigos da Hepatite C – confira os vencedores!

Confira abaixo o resultado dos ganhadores da Campanha “Inimigo Número 1 da Hepatite C”. Foram enviadas ideias de todas as regiões do Brasil e a Comissão Julgadora do XXV Congresso Brasileiro de Hepatologia selecionou para premiação as melhores ideias de cada região e a melhor ideia do Brasil.

Vencedor Brasil: 

Ideia por extenso:
Projeto em que o agente comunitário de saúde, membro do PSF,  atua como rastreador  de hepatites ao investigar e identificar indivíduos com fatores de risco durante visitas  domiciliares e os conduzir para realizar testes rápidos nas UBSs. Projeto piloto implantado na regional de Uberlândia, com ótimos resultados preliminares.
Cidade: Belo Horizonte
Autor: Geraldo Scarabelli Pereira

 

Região Norte:  

Ideia por extenso: A realidade da população ribeirinha da Amazônia, marcada por questões socioeconômicas desfavoráveis, pouco acesso aos serviços de saúde, além das questões culturais onde é comum o compartilhamento de objetos favoráveis a transmissão da Hepatite C, nos motivou na escolha desse público para trabalhar a identificação deste vírus.
Cidade: Belém
Autor: Harry Bastos Sardinha

 

Região Nordeste: 

Ideia por extenso: Em 2019 ( janeiro a abril)  foram  notificados no distrito 24 ( 10,7/100.000 hab) casos de Hepatites Virais e 38 casos de  Tuberculose.  A nossa proposta seria testar para  hepatite todos os  pacientes de tuberculose, uma vez que o conhecimento prévio desta patologia evitariam os casos graves e posteriores óbitos.
Cidade: Salvador
Autor: Ana Rita Clemente de Santana Conceição

 

Região Centro-Oeste: 

Ideia por extenso: Estratégias para diagnóstico são a chave para a eliminação do vírus C até 2030. A ideia é oferecer testes rápidos anti-HCV gratuitos nos indivíduos acima de 40 anos submetidos a qualquer exame de sangue, em parceria com laboratório privado, nas cidades de Ceilândia e Brazlândia, no Distrito Federal.
Cidade: Brasília
Autor: Daniela Mariano Carvalho Louro

 

Região Sudeste: 

Ideia por extenso: Rastrear e Prevenir o HCV em Centros de Detenção Provisória .
A Hepatite C é marcada pela desinformação e banalização, sendo desafio ao SUS. O SAE Carlos Cruz introduziu ações itinerantes de testagem para Hepatite C e Palestras de Prevenção Combinada para População Privada de Liberdade semestralmente repercutindo em detecção precoce, no encaminhamento para tratamento e redução de danos.
Cidade: Guarulhos
Autor: Luciana Aparecida Congo da Costa

 

Região Sul:  

Ideia por extenso: De acordo com a Sociedade Brasileira de Hepatologia, pessoas com Hepatite C têm uma probabilidade 4 vezes maior de desenvolver Diabetes Tipo 2. Com base nisso, elaboramos o seguinte projeto: realizar testes rápidos de Hepatite C nos 500 pacientes diabéticos que buscam medicação na Farmácia Especializada do Município de Criciúma/SC.
Cidade: Criciúma/SC
Autor: Fabiana de Brida

Você também pode gostar

Eleições SBH para o biênio 2022-2023

Colegas Hepatologistas Saudações meus caros. Estamos enviando uma breve mensagem com o objetivo de reiterar nossa candidatura a SBH, cujo processo acontecerá em breve. Reforçamos ...