Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas para Hepatite C e Coinfecções apresenta melhoras no tratamento oferecido pelo SUS

O Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas para Hepatite C e Coinfecções 2018 tem como objetivo oferecer, no âmbito do SUS, uma estratégia custo-efetiva para o tratamento da hepatite C – com novas opções terapêuticas, acesso flexibilizado ao tratamento, menores índices de efeitos adversos e maior expectativa de cura.

Esta versão do protocolo apresenta entre as principais inovações a ampliação do acesso ao tratamento para todos os pacientes portadores de hepatite C, independentemente, do grau de comprometimento hepático e inclui o retratamento.

Confira, clique aqui.

 

Você também pode gostar